Escolha sua linguagem: Português Espanhol
 
 

SEMANA DE SEGURANÇA E SOBERANIA ALIMENTAR

Texto de Carolina Borba Muñoz

Realizou-se na semana de 11 de agosto de 2008 no Hotel Alba, em Caracas na Venezuela, a jornada de Segurança e Soberania Alimentar (Encuentro Brasil-Venezuela para la Seguridad Alimentaria), onde mais de 50 empresários brasileiros estiveram reunidos com empresários venezuelanos e diversas autoridades, entidades governamentais e não-governamentais de ambos os países.

A Câmara de Comércio Venezuela-Brasil SC, representada por sua Presidente, Dra. Cleoni Mª E. Trindade, marcou presença nesse importantíssimo evento do setor alimentício.

A realização de um encontro sobre Segurança Alimentar entre empresários e autoridades brasileiras e venezuelanas permitiu fortalecer a aliança entre os dois países, com o objetivo de dispor de alimentos para o povo venezuelano.

Durante o evento, o ministro de Relações Exteriores da Venezuela, Nicolás Maduro, ressaltou que seu país mantém uma ótima relação no ramo comercial de alimentos com o Brasil.

Lembrou que o Brasil respondeu satisfatoriamente aos pedidos realizados no começo do ano quando o mercado venezuelano apresentou desabastecimento de alguns produtos.

Disse também que agora é necessário elevar o intercambio de experiências entre ambas as partes, aumentar os investimentos conjuntos para a produção e processamento de alimentos, e procurar mercados comuns.

O Ministro de Alimentação, Félix Osorio, detalhou que até 31 de julho deste ano a Venezuela importou do Brasil 149 mil toneladas de alimentos, quando em 2007, no mesmo período, havia alcançado a 58 mil toneladas.

Como encerramento para o evento binacional, houve um encontro com o Presidente Hugo Chávez, em uma reunião de aproximadamente duas horas no Palácio Miraflores, onde a comitiva de empresários brasileiros ouviu do mandatário venezuelano, diversas propostas e intenções de projetos conjuntos no setor agrícola e alimentar. Chávez destacou também o avanço da aliança Caracas-Brasília e propôs a “grande aliança industrial do sul”, com um projeto de industrialização para o desenvolvimento do país, contando com o apoio da ABIMAQ (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos) e a participação do governo brasileiro, diminuindo assim, a quantidade de produtos importados da Europa.

Segundo o Embaixador do Brasil em Caracas, Antonio Simões, o presidente Hugo Chávez "tem mostrado interesse em um grande programa para a soja", que inclui levar agricultores e tecnologia do Brasil e, ainda, empresas, para a Venezuela.

Na semana de negócios em Caracas, a Presidente de nossa Câmara e o Presidente da Câmara Nacional da Venezuela José Marcondes, reuniram-se com o Sr. Gonzalo Capriles, Representante do Programa Ibero-americano de Cooperação Institucional para o Desenvolvimento da Pequena e Media Empresa (IBERPYME), o que resultou bastante produtivo, pois acordou-se o desenvolvimento de um projeto para um convênio entre ambas instituições.

Desta forma, o aproveitamento da semana em Caracas superou as expectativas de todos os participantes, tendo em vista que o governo venezuelano não só deixou claro o enorme interesse em adquirir alimentos brasileiros como também sugeriu parceria para a industrialização daquele país.


Publicada em 30/08/2008

Voltar

 
 
 
 
Design by 3WF