Escolha sua linguagem: Português Espanhol
 
 

Chávez destinará mais recursos a investimentos sociais em 2012

Caracas, 10 Oct. AVN AVN.- Na segunda sessão ordinária do conselho geral do governo venezuelano foi debatido o novo orçamento de 2012, assim como também foram criadas as comissões destinadas a garantir o bom funcionamento da instância e do correto uso do dinheiro público.

Para o financiamento de projetos propostos pelas comunidades organizadas o governo liberou 15.900 milhões de bolívares, o que supõe um incremento de 49% respeito 2011 (10.662 milhões de bolívares).

O presidente da República, Hugo Chávez, destinou um permeio de 70% dos recursos financeiros que são gerados no país para investimentos sociais dirigidos ao desenvolvimento igualitário do país, argumentou Wilmar Castro Soteldo, governador do Estado Portuguesa, nesta segunda feira.

O governador ainda lembrou que no passado, antes da chamada revolução chavista “simplesmente vigorava o clientelismo e não restavam espaços para o desenvolvimento produtivo”.

O presidente Venezuelano considerou fundamental que a inversão social fosse destinada, principalmente, à produção de alimentos, infra-estruturas, assim como ao desenvolvimento dos serviços que envolvem as vias públicas do interior do país.

Outra tarefa desta sessão ordinária do conselho geral do governo foi a de determinar qual o orçamento destinado aos estados que compõem o país. A seguir o orçamento estipulado para cada estado em 2012, em contraste com o destinado em 2011. Não incluem os recursos que foram assinados as prefeituras mediante a via do orçamento ordinário:

Amazonas: 198 milhões de Bs (aprovados em 2011), aumentou a 268 milhões para o próximo ano
Anzoátegui: 229 milhões de Bs (2011) a 358 milhões de Bs
Apure: De 159 milhões de bolívares a 235 milhões de Bs
Aragua: 152 milhões de bolívares a 224 milhões de Bs
Barinas: 153 milhões de bolívares a 222 milhões de Bs
Bolívar: 235 milhões de bolívares a 318 milhões de Bs
Carabobo: 161 milhões de bolívares a 229 milhões de Bs
Cojedes: 125 milhões de bolívares a 205 milhões de Bs
Delta Amacuro: 157 milhões de bolívares a 237 milhões de Bs
Distrito Capital: 137 milhões de bolívares a 207 milhões de Bs
Falcón: 160 milhões de bolívares a 255 milhões de Bs
Guárico: 161 milhões de bolívares a 235 milhões de Bs
Lara: 172 milhões de bolívares a 252 milhões de Bs
Mérida: 130 milhões de bolívares a 201milhões de Bs
Miranda: 180 milhões de bolívares a 249 milhões de Bs
Monagas: 288 milhões de bolívares a 434 milhões de Bs
Nueva Esparta: 92 milhões de bolívares a 231milhões de Bs
Portuguesa: 149 milhões de bolívares a 231 milhões de Bs
Sucre: 137milhões de bolívares a 221 milhões de Bs
Táchira: 141 milhões de bolívares a 208 milhões de Bs
Trujillo: 133 milhões de bolívares a 219 milhões de Bs
Vargas: 121milhões de bolívares a 207 milhões de Bs
Yaracuy: 134 milhões de bolívares a 213 milhões de Bs
Zulia: 303 milhões de bolívares a 419 milhões de Bs

 
Foto: Wilmar Castro Soteldo Gobernador del estado Portuguesa


 


Publicada em 14/10/2011

Voltar

 
 
 
 
Design by 3WF